person_outline



search

Quarta-Feira, 28 de Dezembro de 2016

Todos os dias quando acordo me lembro de você, me recordo de todos os seus traços e me apego nos mínimos detalhes como um ritual matinal obrigatório, onde esquecer um fio de cabelo seu é o mesmo que esquecer uma parte minha, digo a mim mesma que isso faz parte da vida, que é normal se apegar a costumes parecidos diante de uma perda e escondo que só faço isso, pelo medo de um dia acordar e não lembrar da cor dos seus olhos ou do seu cabelo, pelo medo de sentir sua falta e o imenso vazio que deixou em minha vida, mas não ter lembranças suas, não me lembrar de quem você foi, de quem fomos.
Eu sei que pode parecer besteira, as fotos foram feitas para guardar o que não queremos esquecer, mas não é o mesmo, quero deixar registrado em minha mente a imagem que vi de você através dos meus olhos, não a de uma câmera, algo que pra mim seria efêmero mediante tudo pelo que passamos juntos.
Odeio verbos no passado, jamais imaginei que um dia falaria assim sobre nós, do que fizemos ou poderíamos ter feito, o pretérito imperfeito existe justamente para nos arrasar, seu nome já diz tudo, sempre trazendo consigo a quebra de promessas, de juras e momentos que poderiam, mas jamais aconteceram, sempre nos colocando frente a nossas incertezas e por pura ironia do destino, foi o único refúgio que sobrou para lembrar de você, um passado que interrompeu nosso presente e impossibilitou nosso futuro, a não ser que eu crie uma maquina do tempo e jamais deixe você atravessar aquela porta, infelizmente sabemos que isso só acontece em ficções e o que vivemos foi bem real, apesar de boa parte parecer um sonho do qual eu jamais quis acordar, no entanto fui acordada e não foi por você.
A única coisa que o tempo ou mesmo ninguém não pode apagar, é o que tivemos, nada vai mudar cada sorriso, declaração de amor ou nossos momentos, como aquele dia em que vimos nosso último por do sol e você disse que amava e cuidaria de mim para sempre, onde quer que estivesse e mesmo se fosse possível, eu também não mudaria nada.
Eu adoraria dizer que estou dando conta de tudo, mas não estou, sei que não era isso que você desejaria, nunca quis te decepcionar mas nesse quesito terei que decepciona-lo, um dia melhorarei, sei disso, um dia seguirei em frente, eu prometo meu amor, por você e por mim, mas por enquanto, quero apenas deixar a maré me levar até você.
Pin It
Atualizado em: Sex 26 Jan 2024

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br