person_outline



search

" AÇOITES "

Que a música me escute o coração
e faça companhia ao sentimento
a me trazer um manso e terno alento
se assim clamar, dali, minha emoção!

    Que toque-me a saudade ao pensamento
    trazendo-me à memória, em profusão,
    lembranças do que foi tanta paixão
    na minha estrada feita a sol e vento!...

Preserve-se, ao luar, toda a magia
que expôs minha nudez a essa poesia
das claras, sedutoras, longas noites…

    E que o amor, refém da minha história,
    não se esmoreça, nunca, na memória,
    mas me amenize a dor dos seus açoites!
Pin It
Atualizado em: Sex 24 Fev 2023

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br