person_outline



search
  • Desabafo
  • Postado em

Cadeia

Uma falha, e um grande buraco se abre, vai começar o show. Os dias vão passando e o frio da cela deixa os fracos de espírito com o peso da derrota consumindo suas mentes; a família, os amigos e os amores ficaram do outro lado do muro; a vida entre as grades punem, maltratam física e mentalmente os nossos corpos, nos deixam a beira da loucura se pensarmos muito no que estamos perdendo ou deixando de ganhar lá fora. O orgulho, o egoísmo, a falta de respeito, o individualismo e a maldade reinam nesse lugar; aqui dentro sobreviver sem inimigos e longe das drogas é o mínimo a fazer para quem espera sair um dia; o extress, a neurose, o medo, a desconfiança e a falta de sono, são qualidades que conquistamos com o tempo e a convivência; a noite é sombria, as muralhas a cada dia crescem e se tornam um pesadelo sem fim; a saudade machuca demais, causa até desespero nos nossos corações; o desejo de alcançar a liberdade é o que nos faz acreditar que é possível sair desse abismo; depois de um ano preso as esperanças estão morrendo, a fome não faz parte do meu cardápio, a tristeza virou minha melhor amiga, os meus sonhos já não existem mais; nesse caminho difícil que eu estava indo rumo a uma depressão profunda, consegui abrir minha mente e me apeguei com deus com muita força, me concentrei, alimentei a minha fé, entreguei nas mãos de deus os meus dias e ele me acolheu; foi incrível o dia da minha soltura, do meu alvará, eu estava jogando bola e de repente gritaram o meu nome e ai foi só alegria, paz, sensação de poder recomeçar; os portões se abriram e fui recebido de braços abertos pelos meus familiares, foi muito prazeroso receber essa vitória, esse presente de deus; prometo que nunca mais voltarei e seguirei em frente buscando a felicidade por toda minha vida.
Pin It
Atualizado em: Seg 14 Maio 2018
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222