person_outline



search
  • Desabafo
  • Postado em

Ainda é sobre você

Odeio sentir saudade, mesmo sabendo que não deveria. Odeio me lembrar de ti toda noite, todo dia.
Odeio sentir seu perfume em qualquer lugar que eu vá. Odeio pensar que melhor pessoa que ti não há.
Odeio sentir o dedo nu e a mão vazia. Odeio essa tristeza que me faz sentir, toda essa agonia.
Odeio me lembrar dos nossos bons momentos, pois fica uma saudade constante. Odeio sentir que apenas para mim essa história foi importante.
Odeio não poder mais ouvir tua voz a cantar. E odeio principalmente a facilidade que ainda tenho em te amar.
Odeio o modo como facilmente você me deixou. Odeio sua insistência em dizer para eu não duvidar que de verdade me amou.
Odeio me lembrar desses seus olhos verdes que sorriam para mim. Odeio como tudo ficou cinza assim.
Odeio o modo como tudo perdeu a graça. Odeio ver que o tempo passou e a história de nós dois sumiu feito fumaça.
Odeio sentir tanta falta do teu abraço. Odeio que não importa o que aconteça sinto que me falta um pedaço.
Eu deveria te odiar de verdade, mas não consigo. Ou deveria me odiar por deixar que ainda mexa tanto comigo.
Pin It
Atualizado em: Dom 4 Fev 2018
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222