person_outline



search
  • Desabafo
  • Postado em

Trivial, mas desgovernado.

É alma...
Te acalma,
Pois tua cama hoje não estará a salva,
Teu sonho é tão curto quanto uma palma,
E ainda deixa-lhe, o coração, ressalvas.

É alma...
Teu repouso já não te repousa,
Sorrir, tu já nem mais ousa,
E o conforto não é mais tua esposa.

É alma...
Aquele enlace te deixou na melancolia,
Nem sabe mais se é noite, ou se é dia,
E teu café, de tanto estar, já nem mais esfria.

É alma....
Não é esta manta, uma solução vital.
Este frio que tu sentes, não é natural.
Mas que a natureza já predizia o tal.

É alma...
Ora chora,
Ora deprecia o teu conceito.
Ora mora,
Ora relativiza residir o peito.

É alma...
Hoje estamos à deriva.
Derivamos da premissa,
De que não é admissível ser feliz sozinho.

É...Alma.
Pin It
Atualizado em: Qua 5 Jul 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222