person_outline



search

Desilusão

Ele chega, te cativa e ganha um pedacinho do seu coração; depois vai embora, te ignora e todo aquele encanto cai por terra, se transforma em um monte de nada. Só fica o vazio sem sentido, naquele espaço que um dia foi preenchido por algo semelhante ao real, mas que na verdade, nunca existiu.
Você se entristece, pensa até que não vale a pena acreditar novamente, que todos são iguais. Você começa a se transformar em alguém bem parecido com quem você nunca quis ser, ouve o que tiver que ouvir mas nada te toca porque nada te parece verdadeiro, de repente todos parecem ser vazios e egoístas. Abraços e palavras bonitas parecem uma encenação de mau gosto para uma platéia cansada de folhetins baratos.
Mas ele não te fez isso tudo, meu bem! Foi você quem causou essa dor por ser tão ingênua à essa altura da vida, por acreditar que os olhos nunca te enganariam, que eles sempre te mostrariam a verdade absoluta. 
Mesmo que falte a vontade, não perca a ternura e não se refugie na insegurança que te afasta do mundo. Nada nem ninguém tem o poder de te fazer algo assim, além de você mesma... É realmente isso que você quer?
Pin It
Atualizado em: Ter 7 Maio 2013
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222