person_outline



search

" CAIM E ABEL "

- Te trago, como oferta, meu Senhor,
das obras minhas, todo fruto dado;
do meu esforço próprio, o resultado
do que plantei e colhi, pra meu penhor!

    “Caim, Caim… Não é do meu agrado
    tais obras feitas, cujo empenho e amor
    refletem, do teu ego, igual valor
    a se esquecer do que me é mais sagrado!

Abel bem compreendeu o sangue vertido
que o torna, pois, na graça, redimido
pois, no Cordeiro, fez-se a expiação…

    Sem que haja intercessor, segue o pecado…
    Se negas nisso crer, o resultado
    é que tu não terás a redenção!...”
Pin It
Atualizado em: Sex 5 Ago 2022

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222