person_outline



search

MOMENTOS DE ANGÚSTIA – CORONAVÍRUS

         Belo Horizonte, 14 de março de 2021.

         Querido papai!

         Querida mamãe!

         Em minha escrivaninha, onde costumo construir meus textos, diariamente, fito meus olhos em um porta-retrato, onde está a imagem de vocês dois sentadinhos, um ao lado do outro, na antiga sala da casinha onde moravam. Ali, na Rua Almenara, 15, Bairro Dom Bosco. Lembra-se, pai, que o senhor, pouco antes de partir, me pediu que fizesse uma cópia para cada um de seus filhos? E eu providenciei. Na casa de cada um de nós, em algum lugar, está a lembrança carinhosa do senhor e da mamãe. Nesses últimos dias, tenho olhado mais para vocês, de um jeito diferente, acho que querendo pedir ajuda.

         Papai, mamãe, vocês nem imaginam o sofrimento por que estamos passando diante de uma malvada pandemia que tomou conta de nosso planeta. O coronavírus – Covid 19. Desde o início do ano de 2020, esta doença está levando muitas vidas e colocando em nós um pavor incomensurável. Na televisão, a todo instante, anunciam-se milhares de mortos no mundo inteiro. Em nosso Brasil, um número exorbitante de pessoas, que não suporta a doença, acaba falecendo em casa ou em hospitais. Todo mundo com medo. Muitos sepultamentos. Na maioria deles, os parentes nem podem acompanhar de perto o caixão. Receio de serem infectados. Muito choro... terrível agonia.

         Diante de tudo isso, alguns pensamentos tomaram conta de mim. Se vocês estivessem aqui, certamente, participariam desse momento tão difícil, e, conosco, também estariam sentindo uma grande desolação. Assim, pois, cheio de aflição, tive uma ideia. Certo de que estão ao lado de Nosso Pai do Céu, queria pedir a sua intercessão junto a Ele. Embora ciente de que o tempo de Deus só pertence a Ele e as Suas decisões vêm no momento certo, imploro-lhes que diga a Ele que estamos sofrendo muito, por medo, por impaciência, pela dor de ver tantos indo embora... Nem precisa estender muito. Ele sabe perfeitamente o que se passa nos corações dos seres humanos nesse momento tão angustiante.

         Papai e mamãe, sabemos que Deus é misericordioso e está ciente de tudo isso. Temos a certeza de que Ele indicará um caminho para suavizar o sofrimento de Seus filhos, na hora certa, no momento certo. Mesmo assim, implore a Ele por nós.

         Mais uma vez peço-lhes que me deem a bênção. Com todo carinho... Daquele mesmo jeitinho que estavam acostumados a fazer quando ainda estavam conosco neste mundo, que, hoje, transformou-se num verdadeiro vale de lágrimas.

         Com amor e carinho do filho, despeço-me.

         Luiz.

Pin It
Atualizado em: Seg 22 Mar 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222