person_outline



search

... Memórias de um garoto Solitário...


alt

 

        Não sei o que está ocorrendo comigo, na verdade sei, mas o ignoro. Já estou há dois dias sem dormir, nunca antes fiquei tanto tempo acordado. Apareceram grandes olheiras ao redor de meus olhos cansados, acho que tive uma crise hiper-estressante associada à uma vida louca e sem sentido. Senti muita fraqueza e dores musculares, tive na ultima noite, uma noite dos horrores, pode-se dizer que tive pequenas alucinações. Coisas irreais assombravam minha mente, a negra escuridão da madrugada contribuía para o meu estado de desespero, fechar os olhos não adiantava, pois parecia que um filme de terror havia sido gravado em minha mente.Um turbilhão de pensamentos rondava minha cabeça e que eu me lembre nenhum deles era positivo. Estava sem apetite e muito debilitado. Ouvi uma frase. Já não recordo mais o nome do autor, ou de onde veio; mas ele dizia o seguinte: “Eu confio em todas as pessoas, eu não confio é no demônio que existe dentro delas”. E isto é verdade. Em tese todos nós deveríamos ser bons, mas já nascemos com a natureza maligna, pecaminosa.

        Por que não tenho relacionamentos duradouros? Eu poderia responder por que sou muito tímido ou porque talvez não seja popular. Mas a verdade é porque eu nunca amei ninguém. Motivo dos meus poucos e curtos relacionamentos terminarem. Chega um momento na vida que você olha para traz e vê que precisa fazer alguma coisa, que você precisa MUDAR. Não é porque você se tornou alguém com um temperamento detestável que você precisa ser detestável para o resto da vida, ou porque sua infância foi difícil ou traumática que você tem que ficar se lamentando pelos cantos. A questão é que Eu Fulano de Tal, preciso mudar, mas isso infelizmente não ocorre da noite para o dia. “Não ocorre por osmose também”. Para que haja MUDANÇA é preciso que haja MOVIMENTO. E francamente não é uma jornada nada fácil, às vezes você vai cair e cair, vai querer desistir de tudo, outras vezes vai chorar como uma criança que perdeu seu brinquedo predileto. Outras vezes você vai erguer a cabeça e dizer chega!

        A questão é uma única só, é uma questão em que se resume toda sua vida. Tudo o que você viveu ou fez, se resume em um único ponto de interrogação:“O que eu tenho feito de minha vida?”Um ditado já diz“não são as respostas que movem o mundo, são as perguntas!”Então quando você souber responder esta única pergunta recíproca, você então vai saber PARAR.

Pin It
Atualizado em: Dom 7 Set 2014

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222