person_outline



search

12 de dezembro

É 12 de dezembro, e são 1 da manhã. Está calor debaixo das cobertas e a madrugada exala um silêncio solitário. Não sei dizer a real origem do calor, mas eu queria ser amada. As palavras nem me saem da cabeça porque eu só queria isso e parece tão difícil ter, eu estou só, e a noite esfrega isso em meu rosto.
Já não sei também se as lágrimas que estão saindo dos meus olhos podem ser suor ou a evidência líquida do meu sofrimento, elas só não param de cair. Será que vou ter que arrancar os 32 dentes que provavelmente tenho só para que a fada do dente me conceda um desejo? Quão injusta a vida consegue ser afinal?
Quero ser amada e só, quero aqueles olhos e aquelas covinhas viradas para mim, quero calor corporal de 38°c e não o aquecimento global batendo na minha janela, quero ele para mim e arranco todos os meus dentes para que ele não seja dela.
Pin It
Atualizado em: Seg 13 Dez 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222