person_outline



search

Amores e davaneios.

Eflúvios de ternura espargindo por aí,
entre luzes frouxas e desatinos,
amanhecendo nesse quarto entre fogueiras,
trazendo aromas inebriantes do teu corpo.
Bafejo da primavera no meu jardim.
Voluptuosos encantos nessa mirada,
ofertando-me paixões, entre langores.
Afeição serena e suplicante, abrasando-me.
Finda esse dia de ternuras e odores.
Outra noite se anuncia plena e voraz.
Essa paixão é desmedida, não tem porto,
nutrida por teus lábios, eu desatino.
Novas formas de amar me devoram.
Suspiros abafados entre beijos intensos.
Seduções intensas entre rumorejos...
Exultantes alvoroços nesse leito insano.
Pin It
Atualizado em: Sex 15 Out 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222