person_outline



search

Raio de Iansã

Minha culpa é não ter gritado mais alto,
não ter subido nos muros, não ter pintado de amarelo o cinza daquelas paredes.
Minha culpa á não carregar o estandarte,
não sustentar minha maternidade,
não ter usado a faca que empunhei.
Minha culpa é não ter queimado o barraco com o sujeito dentro.
É não ter cuspido na cara do insulto.
Não ter invadido aquele quarto quando minha menina pedia socorro.
Minha culpa é ter domesticado demais minha fera.
Tanto que agora não a reconheço, não posso alimentá-la, não a vejo...
Minha culpa foi abrir mão da melhor parte de mim.
Pin It
Atualizado em: Qui 25 Mar 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222