person_outline



search

Fogo no Parquinho

Kim Kataguiri surgiu com um vídeo criticando o Bolsa Família. Essa foi a credencial para ser cofundador do Movimento Brasil Livre (MBL). O MBL é um grupo - espécie de boyband política - que ajudou a derrubar Dilma. O MBL vem derretendo porque se revelou um PSOL kids, no mínimo um PSDB mirim.
 
Inteligente, participou de debates, palestras e foi convidado para entrevistas. Os Congressos MBL tinham bons palestrantes e também uma fauna estranha de políticos. O grupo foi alvo de prisões e investigações, bem como deserções que já atingem a cúpula. A turma, que era atacada pelos “progressistas”, hoje, também sofre uma investida, até mais incisiva, dos conservadores.
 
Logo que chegou à Câmara, desavisado, quis se candidatar à Presidência da Casa. Este ano, se candidatou novamente. A meta era obter apenas o seu próprio voto. Resultado: perdeu, mas dobrou a meta.
 
Só que o japonês promissor, vítima da endemia do poder, foi picado pela mosca azul; ou, tomando uma trivial bebida com Marcelo Freixo, PSOL- RJ, caiu no golpe “Boa Noite, Cinderela”. Não deu outra, Kim acordou sentindo-se um legítimo esquerdista lacrador de Twitter (do tipo que levanta a #Elenão). No mínimo, ele conseguiu transformar-se num socialista fabiano, um Tucaninho.
 
Kim, postulante a parlamentar mais rejeitado, gravou um vídeo para ameaçar, com o distanciamento prudente que a internet pode garantir. Demonstrando sua “maturidade”, citou um personagem do filminho Watchmen e esbravejou que vai transformar o plenário da Câmara  num inferno ingovernável e insalubre. Isso não deve ter sido prometido na campanha, muito menos impresso num santinho e entregue ao eleitor.
 
O deputado envelheceu antes de conhecer as coisas boas da vida. E o envelhecimento veio da pior forma: na alma. Ele transborda ódio, rancor,  mágoa e recalque. O menino está agindo como um velho ranzinza.
 
Eu tenho alguns conselhos grátis: vá procurar sua turma, conhecer algumas garotas, praticar esportes, tocar um instrumento musical, se divertir. Você ainda é novo. Vossa Excelência deve ter vivido uma infância e adolescência de nerd, com um videogame em seu quarto. Aos 23 já abotoou o paletó para frequentar a Câmara. Aí não!
 
Vá, garoto! Vá ser feliz!

 

Pin It
Atualizado em: Qui 18 Fev 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222