person_outline



search

Rascunho

Conforme o estado, o ser necessita adaptar-se ao meio que vive, com princípios básicos para alienar certas massas acreditando na igualdade. O estado apropria está ilusão é utiliza para replicar um sistema fabricador de sonhos. A alienação chega a um ponto máximo quando o poder é desejado pelas massas.
  Uma minoria poderosa acolhe a desigualdade no mesmo instante do nascimento. Pode ser grotesco o exemplo, mas essas atitudes acoplam no DNA do nascituro deixando-o bitolado à métodos fúteis ensinados pelos descendentes. Definitivamente o estado produz desejos em massa para que os demais acreditem na possibilidade de compor tal espaço. Defender aqui um sistema é ser idiota o suficiente para pensar que esses possui igualdade. Não há um lado certo, mas temos a força do pensar. Ter ideias produtivas visando um princípio máximo que norteia toda a mente humana e por ele a vida refresca-se na plena harmonia.
  A definição da igualdade se perdeu dentro das teorias que hoje são radicais e classificadas como socialistas. O capitalismo apaga qualquer essência da igualdade e o socialismo ilude tal preceito. Tantas teorias não usadas pelo medo da ascensão marginal, conservando as ideias de poder e interesse para grupo majoritários replicadores da extrema desigualdade. O mundo vê povos alienados pela rotina do grande sistema, que visa reproduzir benefícios a si mesmos e justificam como trabalho digno.
Pin It
Atualizado em: Sex 1 Jan 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222