person_outline



search

Solidão a dois

Ela deitou-se ao meu lado como uma felina, e acariciou meus cabelos. Eu despertei, não quis abrir os olhos. Quem sabe não estava sonhando.

Mas como não senti seu perfume, estiquei o braço sobre o lençol. Outra vez traído pelo desejo.
Senti no peito dois saltos, um passo, três pulos. Respirei fundo tentando controlar o descompasso do coração. Virei para o lado e peguei o celular.
Já são uma e meia. Isso tem que acabar.
Respirei mais fundo. Levantei, fui ao banheiro.
O cara do espelho me encarou querendo saber da minha vida. Me olhava tão desacreditado que eu não tive coragem de responder. Ele insistiu.
— Você ainda não falou para ela? Envia um zap.
— Agora? Melhor não, ela vai não vai gostar.
— Você não fala e quer que ela adivinhe?
— Eu já falei… Tá, foram meias palavras, mas eu falei, sim. Estávamos almoçando. Ela me olhou, enrolou o dedo numa mecha do cabelo, seus olhos se acenderam, pareceu lembrar de algo e anotou alguma coisa na caderneta.
— Esse papo foi há mais de um mês. Você acha que ela lembra?
— Depois ela fez aquela carinha que me derrete e eu não pude dizer mais nada.
— Cara, o mundo dela é o das palavras ditas.
— Hoje ela estava linda. Tão concentrada na tela do computador que nem reparou quando passei. Sabe a história de ‘meu mundo e nada mais’? Deveria ter dito o quanto eu a amo.
— Escreve isso, ela vai gostar.
A cama me recebeu com espinhos.
O medo da solidão a dois me fez afundar no colchão.
Fechei os olhos, relaxei o corpo, pensei no azul, no verde, imaginei ver e ouvir cachoeiras e riachos.
Sentei e peguei o celular.
Escrevo ou não?
Escrevi.
Envio ou não?
Apaguei, reescrevi e enviei.
“Eu te amo! Muito”
Quinze segundos, trinta, um minuto.
Eu não deveria ter enviado, ela vai me achar um fraco, eu poderia dizer essas coisas pessoalmente.
Submergi nas cobertas.
Mais trinta segundos e… dois minutos.
Ela respondeu.
“‘Eu te amo mais’ Emoji de coraçãozinho”
Frenesi, um calor se espalhou pelo meu corpo.
Tomei coragem e pedi.
“Vem pra cama”
“‘Tô indo amor. Eu vou escrever só mais esse diálogo e já vou’ Emoji de beijinho”
Pin It
Atualizado em: Qua 28 Out 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222