person_outline



search

O bullying na escola

Funcionando conforme a primeira lei de Newton, a lei da inércia, na qual afirma que um corpo tende a permanecer em seu movimento a não ser que uma força suficiente atue sobre ele, mudando de percuso, o bullying é um problema que vem afetando a sociedade brasileira à algum tempo. Com isso, ao invés de funcionar como a força suficiente capaz de mudar o percurso deste problema, o conjunto de fatores familiares com escolares acabam por contribuir com a situação atual, o bullying.
É bastante comum se ver nos dias de hoje famílias desentendidas em que se é possível se deparar com muitos tipos de dificuldades, em especial o divórcio, muitas vezes acontece este tipo de incompreensão familiar onde a atenção toda do indivíduo é voltada para aquele problema. Deste modo, preocupadas com seus relacionamentos familiares, a família não possibilita um espaço para o jovem, em que ele possa desabafar com seu parente, contribuindo com a situação atual.
Por outro lado, outro fator que contribui com a persistência da questão do bullying é a escola. Diariamente, diversos tipos de bullying são cometidos aos jovens, seja eles verbal, físico ou virtual ("Cyberbullying"), é na escola que este tipo de agressão é mais praticada, já que existe uma aglomeração de jovens com bastante diferenças raciais, religiosas ou de gênero. Vale salientar que os maiores índices de suicídio ocorrem por motivo do bullying nas escolas. Assim, torna-se realmente inevitável a mudança de percurso do bullying, da persistência para a extinção.
Portanto, fica evidente a tomada de medidas que solucionem o problema. Palestras nas escolas em reunião com os pais dos jovens organizadas pelo ministério da educação ou grupos voluntários e psicólogos à visitas nas casas é um dos exemplos de meios de intervenção. Só assim, a família e a escola contribuirão como a força suficiente capaz de mudar o percusso do bullying, da persistência para a extinção.
Pin It
Atualizado em: Sex 4 Set 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222