person_outline



search

No meio do caminho.

Todo medo que senti nessa história que me fez esquecer
Que cada passo dessa estrada é um momento que ninguém pode me tirar.
Como eu senti tanto medo! Cada passo que eu dava me lembrava das pessoas que queria ver, de novo.
Ontem a noite eu sonhei e no meio do caminho me sentia um pouco sozinho.
Sonhei que cada passo que eu dava não conseguia mais sentir meus pés no chão. Como fui esquecer? Cada pedaço se desfazia de mim mesmo, de mim mesmo! Tanto que me espalhei e me desfiz, de vez.
Enganei todos que marcaram esta historia, sofri do meu erro, do meu erro! Sem dizer uma palavra que lhe confortava.
Hoje me arrependo mesmo. Mesmo! E cada vez que olho pro passado ele me condena e me destroi, ele me abala...
No meio do caminho eu pensei. O que faço pra mudar?
Pensei, pensei e pensei. No fim dessa estrada eu me deparei que não havia mais momentos de arrependimentos. Agora eu finalmente vou indo, me despedindo, com um singelo sorriso que as marcas do passado não apagaram.
Pois ainda ficam gravadas nesta história, nesta história, que eu vou contar pra não esquecerem que é a vida que se perde e sozinha ela não anda, não muda, não muda. 
Pin It
Atualizado em: Qui 26 Nov 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222