person_outline



search

Espástico

Sou o meu eu
Parado e abstrato.
Sou um pêndulo inerte
Sou uma ordem imprecisa.
Sem movimento  e pensativa.
Sou paralizado contra meu consentimento.
Não sei o que eu faço
Não tenho movimento.

Estou no tempo errado
Não fui avisado
Não consigo ir a lugar nenhum

Tudo está parado
Imóvel ao movimento
Estou me sentindo lento.

Olho em volta
Sinto os meus pés
Mordo minha mão
Enjuriado e com medo.
Mas isso é mais um pecado
Eu já pouco entendo
Quando eu retornei
Já não sentia dor.

Meu destino é incerto
Meu movimento é incorreto.
Meu destino é incerto
Meu movimento é incorreto.
Pin It
Atualizado em: Qui 20 Ago 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222