person_outline



search

A ausência dos Pais da vida escolar dos filhos

Atualmente podemos observar com frequência a ausência dos pais na vida escolar de seus filhos, essa ausência reflete fortemente no aprendizado dos alunos e dificulta o trabalho do professor. A integração família-escola é um dos mais importantes recursos para a melhoria na aprendizagem.  Esta parceria deve estar baseada na participação da família na vida escolar do  aluno  visando  à  melhoria  do  processo  ensino-aprendizagem. O aluno precisa do apoio dos pais  para  que  tenha  confiança  para adquirir  novos  conhecimentos,  sem  o  temor  de  errar  ou  ser  punido. Muitas são as razões da ausência dos pais na vida escolar dos filhos. Sabemos que alguns pais não possuem menor tato com as crianças, externando assim a falta de preparo emocional, intelectual e de outras ordens afim. O fato é que a dificuldade é palpável e latente. Bem sabemos que muitos pontos referentes à ausência dos pais estão diretamente vinculados às relações familiares. Atualmente, a existência de projetos, de conscientização dos pais sobre a presença paterna e materna na vida dos filhos, sobre qualidade de tempo, estímulo à leitura etc. tem sido executados por escolas e associações de pais e responsáveis. Para evitar esse mal e se manter próximo dos filhos, é preciso antes de tudo querer participar,  como  por  exemplo:  ir  às  reuniões  de  pais  e mestres,  ligar  para  a  escola  de  vez  em  quando  e  participar  das  decisões  da escola. Dentro de casa os pais devem criar alguns rituais e horários fixos que estimulem a conversa entre eles,  programar  atividades  que  possam  fazer juntos. O adolescente preciso de um “porto seguro” dentro de casa para que não   precise   buscar   segurança   nas   drogas, na   agressividade, nas   más companhias ou até mesmo nas experiências sexuais precoces. Quando uma criança apresenta um  trabalho  escolar  ou  uma  lição  aos pais, ela deseja ser especial e importante para os pais, mas na medida em que não há este retorno, acriança se sente isolada e insegura, e parte para outros métodos para chamar atenção dos pais. O mais grave é que muitos pais fazem com a criança se sinta importante comprando roupas ou brinquedos. É inegável que, alunos e  as  escolas  se  beneficiam  quando os  pais participam  na  educação  de  seus  filhos.  Para o sucesso do envolvimento  dos pais  nas  atividades  dos  filhos,  o  caminho  escolhido  é  o  de  pesquisa  sobre  a família, já que todos os indícios apontam que as principais causas é a falta de participação  das  famílias;  e  para  o  desenvolvimento  profissional,  professores também participam da pesquisa . A família é capaz  de  despertar  o  interesse  e  a  curiosidade  delas  e incentivar  a  sua  aprendizagem.  É a partir das atitudes  simples  que  esse envolvimento se concretiza como: valorizar as tarefas escolares, estimulando o gosto pela leitura e pelo aprendizado em geral como também a serem curiosas na vida fora da escola. Precisamos perceber a necessidade de recorrer a todas as possibilidades possíveis no intuito de resgatar a autonomia nos limites, a alegria de estar presente na vida dos filhos, não somente na vida escolar. Na verdade, todos precisam contribuir para melhorias nas relações pais e filhos, pais e escola, escola e alunos. Se tomarmos consciência de nosso papel nessa interação, com certeza veremos mudanças positivas.
Pin It
Atualizado em: Qua 19 Ago 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222