person_outline



search

Nessa madrugada...

Sempre gostei da solidão que a noite me propõe 
Mas não nessa madrugada…

Sempre gostei do silêncio que as noites me propõem
Mas não nessa madrugada

Já joguei o meu tarô 
Já vi o que significam as cartas 

Já li os versos que eu mais gosto
Já bebi vários goles sem remorso  

Já ouvi as minhas melhores melodias 
Já dei risada das minhas piadas preferidas
Já me imaginei na luz do dia 
Andando por aí com ou sem nenhuma  companhia 
Já botei pra fora quase tudo o que eu realmente queria...

Já me assustei com o vento abrindo as portas
Já ouvi alguém sussurrando pelas minhas costas
 Já contei quantas estrelas posso ver no céu
Já me coloquei na cadeira do réu 

E nunca termina…

Já enchi o meu cinzeiro
Já acabei com todos os incensos 
Já vi de novo tudo o que eu sempre vejo 
E ainda são 4h?
Pin It
Atualizado em: Sex 7 Ago 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222