person_outline



search

Ursal #1

Eram dias difíceis para todos,desde aquele tempo nada mais foi o mesmo,nada mais. Realmente eram dias difíceis onde o ladrão roubava e era aplaudido e o bom homem era jogado na fogueira. Esperava que tudo ia mudar,mas nada mudou. Era tudo do mesmo jeito,mas será que alguém tem a cura para a maldade?
    Em uma sala se reuníam duas crianças que tentavam sair para brincar lá fora,mas seu paai dizia que era muito perigoso. Eles se perguntavam o porquê de todos dizerem que tudo lá fora é perigoso,mesmo com as guloseimas que seu pai fazia,não era a mesma coisa que jogar bola lá fora. A porta bate e uma das crianças vai atender,era a morte vindo lhe buscar. Dois tiros na cabeça só porque ele estava com vontade de ver sangue jorrar. O pai chorava e perguntava o porquê,e o homem da escopeta virou pra ele e disse:
      -De acordo com o mandato que temos aqui o senhor vai ter que vir conosco para a prisão,por ser contra nosso governo
 O pai,triste e raivoso refutou:
       -Não precisava ter matado meu filho...
        -BASTA!!!!. -Disse o atirador não deixando o pai completar. -Não deixei você falar seu marginal! Vamos direto para a prisão e veremos quem terá piedade de você.
     No dia do julgamento exisstiam alí muitos soldados e generais,cada um com sua arma. O homem não sabia oq fazer. Pois sabia que não podia fazer nada. Mesmo estando certo foi condenado a morte. Eram dias difíceis
Pin It
Atualizado em: Ter 7 Abr 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222