person_outline



search

A ambição de viver - introdução

Introdução


Ok, talvez essa não seja a melhor hora para eu te contar isso, ou melhor, na verdade, contar para mim mesma, right?
Eu estou... Er... Digamos... Meio que hipoteticamente não sei dizer ao certo... Apaixonada pelo Castiel. De verdade, eu não esperava que em algum momento isso acontecesse, mas aqui estamos poxa! Eu só saí com ele uma vez, uma única fodendo vez, não tem como isso ser amor ou paixão, seja lá o que é na verdade. São só as emoções do momento, emoções do... Momento.
Com certeza, eu não sou tão fácil assim. Mas cá entre nós, isso é o que uma garota fácil diria. Só protegendo a sua retaguarda, a sua traseira, não?
Eu meio que tinha que escrever por conta disso. Eu não costumo sair com alguém “às cegas” mas eu pensei: “Por que não?” Isso pode ser o começo de uma longa lista de ficadas desse ano! Não com ele, NE, assim não teria graça, não teria e-mo-ção! Eu quero várias danadas no contatinho do pai AGORA.
Agoraaaaaaa!
_____________________________________
- - - - - - - - Olá anotações do celular, eu não uso você. Mas eu to usando agora então uso. Saí com uma menina chamada Lina (nome estranho, mas o meu também é), ela disse que o sobrenome dela é Lourenço, mas que no facebook tá com Medeiros com I.
- - - - - - - Acho que essa tal de Lina me bloqueou ou me passou o nome errado dela de propósito, mandei mal.
- - - - - - - Não acho que não, pensando aqui foi a segunda vez que eu saí com ela e foi, ela que chamou, você não é um babaca Castiel, e está pegando uma gostosa que definitivamente vai mostrar os peitos dela pra você #tenhofémasn #ateuss
Mal conheço e já quero, tomara que seja libertária apoiadora das causas trabalhistas, que querem a morte do sistema capitalista explorador. Meu Deus, se ela for eu caso, sem ironia. Isso me faz pensar em muitas coisas, mas lembrando que Deus não existe, não existe.
Pra mim não, e pra minha irmã também. Quer dizer, olha para os nossos pais, eles eram 100% católicos e devotos e como estão agora? Talvez ser um merda desprezível que todo mundo quer ver morto seja de família.
Ainda não achei o perfil dela. Acho melhor parar de procurar, eu só dei sorte dessa vez, e se eu quiser papo com ela eu sei onde estuda. Credo isso parece muito autoritário... Talvez eu seja assim e goste de mandar. Mas não acho que ela me obedeceria, fala demais e parece ser brava.
Acho que eu posso gostar dela; acho que eu GOSTO dela. Mesmo se ela não gostar de mim quero que me mostre o que deixou de mostrar na ultima vez, talvez isso faça eu esquecer que a Gabi é boa demais pra mim. Se soubesse como eu sou, o que as pessoas acham, nunca teria aceitado sair com um bosta igual a mim.
Eu não gosto dela, eu só gosto de ficar com ela, né? Eu acabei de terminar com uma menina e honestamente eu continuo pensando nela.
Quando eu saí com a Lina, foi a primeira vez em  muito tempo em que eu não pensei nela. Eu acabei admitindo sem querer pra Lina que tenho em mente uma pessoa. Mas não quis dizer que eu GOSTO de outra pessoa, só que eu ainda não esqueci... Mas será que foi assim que ela entendeu o que eu falei? Eu devia falar menos, continuando dizendo tudo que me vêm à mente assim, vou perder essa garota rapidinho. Seu eu pelo menos pudesse saber o que passa na cabeça dela...

Próxima parte: "O MALDITO MONÓLOGO DA LINA INJUSTIÇADA"
Pin It
Atualizado em: Ter 31 Mar 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222