person_outline



search

CRENÇA

Bom dia morte!
Hoje saúdo tua partida
A despedida das minhas asas escuras
Cansadas e sofridas
Agradeço agora novas asas recebidas
Minhas crenças agora coloridas
Me despeço de ti morte por tanto tempo que morou em mim e deixou meu coração partido
Renasço agora com meu coração em brasa, num eterno colorido.

Boa tarde morte!
Já vais que já vai tarde
Quero agora tardes ensolaradas
Num sol brilhante ardente que arde
Canções de pássaros que cantam num efeito sonoro
Riachos arrebentando em meu coração
Toda uma tristeza que partiu e se fez tarde

Boa noite morte!
Nesse momento me despeço de ti
Eternamente meu último boa noite
Não moras mais em mim
Nem no meu corpo, nem em minha mente

Minhas asas agora refletem um colorido
Batem azuis no meu peito
Uma chama de luz
Minha crença minha fé, além dos espíritos
Me chamam pra vida!

Embora seja noite, vou dormir em meu jazigo
Acordarei na próxima manhã dentro do meu abrigo
Com tuas asas coloridas ao meu lado
Tua alma e teu corpo comigo
Renascido, feliz e multicolorido

Morte sem te conhecer eu nada seria
Morri pra nascer de novo!
Começar tudo de novo!

Tua frieza e indiferença
Crucificou me
Matou o que eu tinha de mais sagrado

Morte tu me ressuscitas agora
Amor de outras vidas
Renasce hoje precioso
Visceral, carnal e religioso!

Luzes da vida
Como num relâmpago
Acende tudo que estava morto
A descoberta do valeu a pena esperar
E a esperança de brotar
A crença de viver e amar
O amor tudo de novo!

Bom dia Vida!
Pin It
Atualizado em: Dom 8 Mar 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222