person_outline



search

Os Virtuais

Estamos vivendo em uma época que a tecnologia, está dominando as ruas, casas e vidas.
Não temos mais um ambiente social, mas sim virtual.  onde conversamos com estranhos de outros lugares e países, não sabemos nomes e nem idade apenas a Gametag do jogador e ID do usuário.
Mas até onde viver neste mundo virtual é bom?
Quanto tempo devemos gastar nesse mundo desconhecido de códigos e regras incertas. 
Os filhos conversam mais com inteligências artificiais do que com seus pais.
São educados por um sistema tecnologico de longo alcance, e descobrem coisas que não são para eles agora, pais distantes dos filhos por não saírem do celular, Facebook e redes sociais.
Estamos vivendo numa época de frieza emocional pois máquinas não sentem emoções, e estamos nos tornando máquinas sem sentimentos, sabemos de todos os assuntos mas sem se aprofundar muito para que possamos saber de várias coisas, assim podendo avançar vários seguidores, muitas vezes expondo nossas vidas com postagens e fotos de lugares onde estamos, e onde vamos.
E aqueles que são das "antigas" se sentem a sós deslocado em sua própria casa, com sua família e amigos.
Vendo aquilo que seus avós faziam de reunir a família toda para um jantar não existindo mais, cada um come em um horário, dorme em horários diferentes e quando se vêem se acham estranhos, mesmo morando na mesma casa. 
Mas estranho é ver como a tecnologia tem dominado as mentes desse mundo. 
A tecnologia veio para ajudar, mas as pessoas não estão sabendo usar e estão acabando com os laços que por anos foram criados. 
Mas os virtuais acham que estão criando laços. Mas não sabem que são laços vazios e sem durabilidade. É ter uma atualização tecnológica que o laço também atualiza.
Pin It
Atualizado em: Seg 2 Mar 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222