person_outline



search

Traitor midday sun

Venho pensando comigo mesmo
Como pode o sol me trair de tal forma?
Enquanto me afogo em minha tristeza e angustia de um ser tolo e fraco?
Enquanto penso que pior que eu não há?
Como ele pode amanhecer tão lindo e de tarde queimar minha pele com tanta ferocidade?

Tantos dilemas. 
Sorte da criança que levanta com esforço, toma seu café da manhã com tanta energia
E a tarde se encontra aos prantos porque sua mãe lhe obrigou a se comportar.
Odeia e ama tão fácil, quase bipolar o sentimento.
Tão verdadeiro que doí em quem já morreu sete vezes. 


Pin It
Atualizado em: Sex 13 Dez 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222