person_outline



search

Um medo abstrato

- Você será eternamente dele - Ela dizia enquanto vestia a capa da verdade, tão gasta quanto a da mentira. O escuro me consumia. Enquanto eu rasgava as páginas de um diário ainda não vivido.
   Um espasmo. Um espirro. Um medo súbito. Um copo de lágrimas caído ao chão berrou - Venhas ao meu encontro querida, me encherei de tuas dores - Consciência vasta em um mundo perdido. Derramei meu sangue sobre seu leito - Jamais pertencerei a ele - Gritei.
   Abri meus olhos e fechei o coração. Entorpecida. Amedrontada. Realizada. Um medo abstrato
Pin It
Atualizado em: Seg 9 Dez 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222