person_outline



search

Carros elétricos

Em relação a carros elétricos, o Top Gear "provou" que eles são inviáveis, quer dizer, para fazer viagens longas, teria que se parar numa cidade e ficar 11 horas recarregando as baterias. A mesma coisa se estiver no trânsito e as baterias estarem no limite. Aperfeiçoam-se as baterias; há a possibilidade da recarga ser de 3 horas, o que é muito ainda, no caso deveria haver postos de recarga em todos os lugares.
Penso mais no uso urbano e, tem que ser algo prático , útil e viável e não apenas ecologicamente correto. O peso das baterias diminuiu muito em relação ao que era. Que tal haver postos em que se "trocaria" a bateria por uma com carga? Você as alugaria ao invés de comprá-las e seria projetado algo como uma bateria de celular gigante, que seria desencaixada e colocada de novo no posto. Penso em um carro urbano e leve para esse fim, mas com o mínimo de conforto, como ar condicionado e rádio, não um brinquedo e, com um relativo espaço interno. O modo como essas baterias seriam carregadas também influi; poderia haver enormes painéis solares no posto, assim não se utilizaria petróleo para fornecer a energia.
Há ainda a alternativa dos carros híbridos , que na verdade não deixam de poluir, pois o petróleo é usado para carregar a bateria, ou o hidrogênio, que é caro de produzir.
A poluição atmosférica é o fator mais que evidente, mas existe o fator de combinar diversas modalidades de transporte, por exemplo carro+metrô+ònibus ou bicicleta+metrô+trem. O importante é haver alternativas; o velho transporte público ineficiente força muitos ainda a optarem por veículos a petróleo; realmente, algumas regiões são pessimamente servidas e não adianta falarmos em transporte público enquanto ainda ele não for eficiente.Por melhor que o metrô seja, ele nunca chegará a todas as portas e tem gente com mobilidade reduzida.
Vejo aqui as bicicletas de aluguel que se deixa em qualquer ligar e os patinetes elétricos. Em locais planos e em que há boas ciclovias acho viável, mas em distâncias curtas; pode até ser mais prático que um ònibus ou metrô.
Penso que o transporte individual movido a petróleo ainda existirá por muito tempo, mas alternativas surgem e se aperfeiçoam, sem dúvida; o importante é ser prático e eficiente, aí interessará ao usuário e, tem que ser barato, acima de tudo.
Pin It
Atualizado em: Qui 21 Nov 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222