person_outline



search

O Sentido de uma Comunidade Cristã

Para que possamos entender o sentido de uma comunidade cristã, precisamos voltar no tempo e na história e entender o porquê nós estamos aqui. Quando buscamos o sentido verdadeiro de se ser uma comunidade eclesial de base, o livro do Atos dos Apóstolos nos mostra que os primeiros 3.000 irmãos e irmãs perseveravam na doutrina dos apóstolos, nas reuniões em comum, na partilha do pão e nas orações. E ainda que todos os irmãos e irmãs eram um só coração e uma só alma. Ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuía; tudo, porém, lhes era comum. Com grande coragem, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça. Pois nenhum necessitado havia entre eles, porque todos os que possuíam terras ou casas, vendiam nas e traziam os valores correspondentes e depositavam aos pés dos apóstolos; então repartiam-se a cada um deles conforme a sua necessidade. Os primeiros cristãos eram geralmente pessoas simples, das camadas sociais mais baixas. Por fora eram iguais as outras pessoas do seu tempo, mas viviam de um modo honesto e digno.
Este era o modelo das primeiras comunidades cristãs.
A partir dos textos das sagradas escrituras nós entendemos o porquê nós estamos aqui e qual o verdadeiro sentido da nossa celebração.
Hoje nós continuamos a missão dos discípulos de Jesus, que no seu tempo continuaram a missão do próprio Cristo. Entender de onde viemos nos dá dimensão para onde vamos.
Mas como nós vamos?
Esse é o grande desafio do nosso tempo. Desafio esse que nos é colocado a cada dia e em cada momento da nossa caminhada desde o inicio.
Devemos sempre agradecer a Deus por meio de vosso Filho Jesus Cristo, por acreditar que nós podemos continuar o exemplo das primeiras comunidades.
Devemos agradecer a Igreja por acreditar na história e na caminhada de uma comunidade eclesial de base que tem uma vida em comum-união podendo sempre continuar o desafio da evangelização no nosso tempo.
Devemos sempre agradecer a Maria Santíssima, na figura singela de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, que nos ilumine ao longo dos anos a viver plenamente a mensagem do Evangelho de maneira incondicional sem nos deixar levar pelos valores humanos que nos afastam do modelo cristão das primeiras comunidades. E claro, sem perder a ternura jamais.
Pin It
Atualizado em: Sex 6 Set 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222