person_outline



search

Eu e minhas emoções

“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças” (Filipenses 4:6).
Para início de conversa...
Esse tema já foi tratado anteriormente, porém a demanda é tão grande que não só agora como mais para frente iremos tratar desse assunto. Nunca tivemos uma geração tão enferma emocionalmente. Complexos, tendências, ansiedade, descontroles, distúrbios e por aí vai...
O apóstolo Paulo fala do básico, do essencial para vencer nossas crises: oração. Mas aí vem a questão – “eu não tenho forças pra me ajoelhar e orar”. E quem disse que você precisa todo esse movimento para falar com o Pai? O dia a dia é uma excelente oportunidade. Na condução, na caminhada para o colégio/trabalho, ao realizar alguma coisa no lar. São várias opções que podem te ajudar a orar. Aos poucos as forças virão e você as terá suficiente para todo aquele momento com Deus. Tenha certeza que ele te entende.
E precisa de mais alguma coisa? Claro que sim. Não que a oração não seja suficiente, mas Deus quer despertar em você. Trabalhar em você. Por isso é importante algumas atitudes:
Seja realista
Uma coisa que me assusta na geração de jovens e adolescentes é que se fantasiam muito as coisas. Parece que o mundo é um eterno conto de fadas e qualquer momento de oscilação, onde as coisas saem de um pseudo controle é motivo de caos. Encarar a realidade com olhos bem abertos sem ilusão e sem fantasias é fundamental para que o nível de decepções – mais do que normais na vida – não vire uma tragédia.
Tenha várias frentes de atuação
Como assim? Alguém que está estudando para o vestibular e está fazendo curso de inglês, por exemplo. Ao mesmo tempo está aprendendo um instrumento e paralelamente tem uma rede de amigos – a igreja é o lugar perfeito para isso – que não deixa o desânimo chegar, claro além de uma família animada e estruturada em Deus. Assim, mesmo que o objetivo principal (vestibular) não dê certo no primeiro momento, todo o restante vai contribuir para que você não se ache a pior pessoa do mundo.
Escolha bem suas companhias
Gente negativa tem aos montes. Não ande com elas. Lembre-se: amigos de verdade nos aproximam de Deus. Não caminhe com pessoas que não tem Cristo como sua prioridade. Ore por seus amigos. Desenvolva relacionamentos saudáveis. Não aja com interesse e nem use as pessoas para sua promoção pessoal. É um grande caminho percorrido.
Para finalizar
Longe do pensamento humanista, mas você é criatura de Deus, salva por Jesus Cristo na cruz do Calvário na maior demonstração de amor de alguém pela humanidade em todos os tempos. Não se sinta pra baixo ou inferiorizado. Como diz aquela canção: Você tem valor. Coloque-se a disposição no Reino. Tem alguém bem perto que está precisando de você. Aceite o seu chamado. Viva o propósito de Deus. Ele diz: “Tenho pensamentos de paz e não de mal”. Deus nos ama e quer o melhor pra nós. Cuide das suas emoções. Graça e paz!
Pin It
Atualizado em: Dom 23 Jun 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222