person_outline



search

PLATÃO, O PAGÃO QUE ACREDITAVA EM DEUS!

Dentre tantos os filósofos que a Mãe História produzira ao longo dos milênios passados, entre eles, homens nobres e dignos de toda a nossa atenção e consideração, um dos que com toda certeza é o mais ínclito e que mais revolucionou a história do pensamento filosófico, não só ocidental, todavia, mundial, foi Arístocles ou "ombros largos" Platão. Platão era um ateniese, que nasceu em torno dos anos de (428/27 a.C.), fundador de uma academia de Filosofia que tinha como lema em sua fachada algo muito expressivo sobre as Matemáticas: “Que ninguém que ignore a Geometria entre aqui”. Evidentemente qualquer neófito na Filosofia já ouviu, falar de Platão alguma ou outra vez, ou pelo menos já leu alguma coisa sobre A República. Certamente toda a História da Filosofia nunca conheceu uma mente tão brilhante quanto a deste grego.
 Vamos observar ao longa da História da humanidade que muitos foram os grandes Pensadores, e.g. Moisés ou Moshe Rabenu em hebraico, que viveu por volta do século XVI a.C., sendo conhecido hoje como o maior lesgislador que Israel já teve em toda a sua História, ou seja, Moisés é dono da principal obra judaica o Pentateuco, que são os 5 primeiros livros da Bíblia Sagrada: Sefer Bereshit (Livro de Gênesis), Sefer Shêmot (Livros do Êxodo), Sefer Bemidbar (Livro de Números), Sefer Vayikra (Livro de Levítico) e Sefer Devarim (Livro de Deuteronômio). Não obstante Moisés ter sido o único mortal a ver Deus, ou pelo menos falar com ele face à face segundo o relato histórico bíblico, este homem judeu que teve toda uma criação e educação baseada completamente na mais alta Ciência egípcia antiga, é um dos poucos homens na face da História que poderia se ufanar em ter recebido conhcimento ou Ciência através de revelação Divina direta da Fonte do Conhecimento, Deus.
 Rei Salomão ou Coelet, o filho de Davi que viveu em meados do séc. X e IX a.C., sendo este o mais sábio de todos os mortais antes e depois de sua existência segundo o relato histórico bíblico. Qualquer exegeta sabe perfeitamente que Salomão foi um filósofo maior até mesmo que Platão que é o objeto alvo desta discussão, pois a obra de Salomão além de estar mesclada pela mais alta Poesia de primeira ordem da cultura judaica, também está fundamentada por uma Filosofia sobrenatural e supra-sensível em alguns pontos, muito especialmente O Livro de Eclesiastes, porém se hoje Salomão não é reconhecido pela comunidade filosófica é devido certamente a falta de estudos sérios nas obras de Salomão principalmente e sobretudo o velho e conhecido favorecimento arbitrário que é dispensado por muitos que não acreditam na Bíblia e nos relatos históricos que a mesma contém.
 Maomé ou Muhhamed, é conhecido atualmente dentro da cultura Islâmica como o Mensageiro de Alá ou Deus. Maomé segundo conta a História recebeu em um certo dia dentro de uma caverna uma revelação Divina do anjo Gabriel, que o exortava sobre sua missão que consistiria em implantar uma nova religião além das principais já existentes, judaísmo, cristianismo e hinduísmo. É realmente impressionante ler a biografia deste homem, que viveu por volta do ano de 571 d.C., pois toda uma visão antiga referente a como se deve servir e adorar a Divindade agora é posta sobre uma nova perspectiva, um novo Livro Sagrado agora é escrito a partir de revelação Divina segundo a História, ou seja, o Alcorão. Maomé além de ter sido um grande profeta foi um grande político, que teve um ápice em sua história ao promover um movimento denomindado Hégira, que seria uma emigração feita pelo profeta e seus seguidores de Meca para Medina, quando será formada uma nova forma de governo, a Umma e iniciado o processo de expansão, o que iria constiuir a nova religião o Islã. Ao lermos sobre a literatura Islâmica temos algumas das principais obras além do Alcorão, sendo estas: La Taura, El Zabur, El Inyil, El Noble Cf. (La Llave Para Comprender El Islam. Dr. Abdul-Rahman Alsheha.).
 Kant nascido em 1724 é considerado por muitos como sendo o pai da Metafísica, obviamente o próprio Schopenhauer escrevendo a Crítica Kantiana reconhece o distinto mérito alcançando por este homem ao compará-lo com Platão, homem este de aspecto franzino e saúde debilitada, baixinho, solteirão, morador de uma pequena cidade da Alemanha chamada Königsberg Cf. (História da Filosofia, Will Durant), cidade esta de onde ele nunca saira durante toda a sua vida. A Crítica da Razão Pura é a obra mais conhecida de Kant, onde ele irá tratar de maneira geral dos assuntos do conhecimento humano e suas limitações basicamente, ou seja, o que nós somos capazes de poder conehcer através dos recurso que nós temos posse, como a razão, a senssibilidade etc., etc., Kant fala neste livro sobre os dois tipos de conhecimento que nos é possível ter acesso, o conhecimento a priori que não exige a faculdade da experiência e o conhecimento a posteriori que necessáriamente requer uma experiência primordialmente. Uma das coisas que mais impressiona ao ler o Kant não é somente a simetria arquitetônica obscura com que o mesmo vaidosamente escreve e desembrulha toda a sua filosofia, todavia, em algum lugar na Critica da Razão Pura que eu não me lembro agora ele diz que Deus é um Ser apodítico, ou seja, um Ser necessário devido os seus atribultos.
 Mas qualquer um neste exato momento que está correndo os olhos sobre estes escritos poderia indagar-me, sobre a seguinte questão: "QUAL É O MOTIVO PARA VOCÊ FALAR UM POUCO SOBRE AS BIOGRAFIAS DESSES HOMENS, JÁ QUE ESTAMOS FALANDO DO TEMA, PLATÃO, O PAGÃO QUE ACREDITAVA EM DEUS? Pois bem -, eu respondo! Eu me reportei a algumas da principais obras e autores de toda a História da Humanidade, dado o fato da indefectível importância do assunto Conhecimento Geral x Deus.
 Como assim esses dois assuntos podem estar amalgamados entre sí no iterim deste tema que ora estamos obrando? De maneira que estamos falando de Platão e suas crenças religiosas politeísta, uma vez que podemos ler nos Diálogos Socráticos e entender que não só Platão era politísta, todavia, Sócrates comungava do meso espírito de crença que seu distinto aluno. Destarte, eu fiz meção dos maiores homens de ciência já conhecido para que nenhum sicofanta ao ler este artigo venha à guisa reprochável me dizer que eu estou divagando e balbuciando na minhas palavras, pois sei perfeitamente que idiotas, tolos, ignorantes, réprobos, asnos, energúmenos, faltos de leitura, ventres preguisoso, homens possuidores de comportamentos escobrtíneos, ATEUS principalmente vão dizer que fé e ciência não se misturam e que Deus em última análise como disse o próprio Bertrand Russell em entrevista, não existe (queria ver o que o senhor Russell iria dizer ao Dr. Gleiser prêmio Nobel Templeton 2019, a respeito de Deus existir ou não).
 Porém a primeira proposição é: Platão acreditava na existência de Deus com "D" maiúsculo, que pela gramática portuguesa só pode ser escrito o Deus da Bíblia com esse D, sim o não?
 R: Sim, por quê? Por que ele mesmo disse em vários dos seus escritos isto, especialmente por diferenciar gramaticalmente os deuse de Deus, ao chamar uns de teon e o outro de Teos no grego, ou Demiurgus.
A segunda proposição Deus existe?
 R: Sim, por quê? Por que Tales de Mileto, Platão, Sócrates, Kant, Moisés, Leibniz, Descartes, Hume, Locke, Maomé, Salomão, Paulo, Rousseau, Aristóteles, Hegel, Spinoza, Pascal, Dostoiévski, Agostinho, Tomás de Aquino, Pitágoras, Boécio, Ovídio, Hobbes, Willian Lane Craig, Bacon, Fernando Pessoa, e uma multidão de outros sábios que eu não me lembro de cabeça agora, acreditavam e não só acreditavam mas afirmavam todavia a existência de Deus.  E não só baseado no testemunhos desses grandes Pensadores que eu afirmo aqui a existência de Deus, mas também baseado na simetria inrretorquível dos movimentos dos astros e da indelével Lei que rege o Universo como um Todo, que eu acredito na impossibilidade de tudo isso acontecer meramente pelo acaso sem a Mão Onipotente de Deus estar por detrás. Cf. (no mínimo todos autores que foram citados ao longo do artigo para depois vir me falar que Deus não existe e que toda a Ciência em última instância não proveio d'Ele), boas leituras!!!
Pin It
Atualizado em: Seg 9 Dez 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222