person_outline



search

Pensamento de um Estranho

Um estranho em uma ilha estranha, sozinho, o vento que balança as folhas fazendo a dança das sombras, que são facilmente admiradas, por entre pedaços circulares de dentro pra fora do lugar onde está e como se estivesse em um lugar só seu, não percebe nem se importa com os verdadeiros veteranos que vivem diferentes dias vendo os mesmos rabisco deste lugar.
E ele se move e chama sua única e verdadeira amiga ‘’solidão’’ para dançarem uma canção que diz: ‘’Não se importe e balance.’’ 
Seu cabelo estranho, sua roupa por mais que seja igual por obrigação, vestida nele se torna estranho, seus movimentos estranhos se completam na estranheira dessa dança que só move o seu coração aumentando sua pulsação, na sua cabeça cenas de algo incerto, que lhe dá criatividade e quanto mais interessante isso fica, sua forma de expressão fica estranha, fazendo com que todos o olhem estranho, e ele nesse momento só consegui mostrar um sorriso verdadeiro que vem de dentro, querendo dizer, como esses estranhos lhe acham estranho e como isso é estranhamente legal.
Ele não está olhando para nenhum lugar copiando coisas já copiadas por alguém, mais dentro dele as palavras brotam das sombras, em formas de imagens que ele descreve e tenta explicar a si mesmo, coisas que de tão mortas na vista de outros, simplesmente chamam sua atenção.
Em algum momento, pensa no significado disso tudo e então vem o mais estranho, ele não existe!


Ideias Filtradas

Pin It
Atualizado em: Qui 3 Set 2015

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222