person_outline



search

meu amor

abito um poço de sentimentos,
abandonei a vida diante a um feitiço,
de repente estava no labirinto,
do qual coração se partiu,
no fato do desespero...
ser o primeiro passo para.... 
o abismo do meu coração...
olho para fundo do meu abismo,
ele, tem olhos profundos.... 
e nisso ele contempla meus desejos,
minha vaidade é uma sombra que sou,
no meu profundo ser finjo compreender... 
o mundo que me cerca apesar de tuas virtudes,
padeço em meus sonhos de grandeza,
então vejo que as pequenas qualidades...
que tanto abdico são apenas formalidades,
num nobre sentimento perdido no tempo. 
por celso roberto nadilo

Pin It
Atualizado em: Sáb 2 Nov 2013

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222