person_outline



search

Ruínas

Talvez comece hoje,
Uma história, este desastre,
Essa maldita enfermidade
O relógio quebrado,
E a asa arrancada.

Hoje brilha em seus olhos,
Queima seus filhos,
Um pequeno ato, sua maior falha
Algo especial agora destruido,
Preso na história esperando a guilhotina.

Talvez se encerre hoje,
Uma história, esse mau presságio,
O relógio incapaz de marcar as horas nos mostra,
Somos nós que achamos que os dias acabam.
Pin It
Atualizado em: Sex 9 Nov 2018

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222