person_outline



search

Abril

Como posso começar a falar de você?
Somos desconhecidos, que um dia, se conheciam ao ponto de saber o que o outro sentia
Nosso presente não é mais nosso, agora tudo se tornou individual e banal aos seus olhos
Eu ainda espero uma ligação com você dizendo que ouviu aquela música e lembrou de quando dançamos na chuva.

No fundo eu sei que isso não vai acontecer...
Eu te liguei e você mudou o número, eu mandei mensagem e você foi agosto. 
Na realidade eu espero superar as marcas dos tapas que tuas palavras me davam, da tua alma amarga que me fazia chorar de culpa! 

Como podemos nos descrever?
Eramos perfeitos ao olhar de uma tela, mas nos nossos quartos eramos outono 
"Como alguém pode querer alguém como você", eu ouvia isso da tua boca
Você falava o quanto eu errava com você para seus amigos?
Você ria do meu ser junto com ela? Deitados em um campo olhando o sol partir.

Assim como o sol, você partiu mas eu vivi um apocalipse
Havia apenas um céu sem lua ou estrelas, nuvens escuras choravam e gritavam seu nome
Mas você nunca quis ouvir a sereneta que o meu céu fez para você.

Dizer o que nao se pode ouvir se tornou meu hobbie
Eu queria poder te massacrar, mas eu sei que isso não seria o suficiente
Você se acaba aos poucos, mesmo estando no topo da cadeia.

Poderia se dizer que você transformou o verão em primaveira
Mas isso seria o mesmo que dizer que você tornou o belo em perfeito
Na verdade você fez tudo virar abril.
Pin It
Atualizado em: Dom 16 Set 2018

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222