person_outline



search

CRIATURA LÍQUIDA

Do que somos feitos?
Se for de algum líquido, sinto-me meio seco
Será que um copo d água resolve?
Sei as razões dos meus vazamentos,
E procuro incessantemente que “alguém” venha com o reparo,
Ou no fundo, a única coisa que realmente interessa,
É apontar o dedo para aquele que supostamente fez  o furo.
Ninguém tem a capacidade de tirar uma gota se quer do meu ser,
A menos que eu permita o acesso,
Ah, Meu Deus, como sou viciado nisso.
A todo instante, seja em casa, no trabalho, no trânsito,
Estou procurando alguém para desidratar meu ser,
Mas sabem o por quê?
Enquanto estiver alguém na alça de mira de meus dedos,
Não preciso admitir minhas fraquezas, intolerâncias, falta de paciência e caridade.
Por isso, e apenas por isso, vou secando um pouco a cada dia,
Tornando-me uma erva amarga, que não desperta mais olhares e atenções.
Mas, como mudar isso? O que fazer para perder este vício,
Sendo que a maioria que me cerca são viciados,
E contribuem com palavras e sentimentos negativos,
Sobre como tudo será igual daqui a 200 anos.
Pergunto-me, se realmente existe algum lugar fresco,
Neste deserto urbano que vivemos?
A espiritualidade indica o caminho,
Mas confesso que sou fraco e egoísta,
Incapaz de enxergar além dos muros que cercam meu ser.
Parece um texto pessimista, mas não é?
As perguntas mostram que procuro um caminho, como todos citados
Através das minhas experiências.
Qualquer duvida, caracteriza a falta do conhecimento,
E automaticamente leva a busca do mesmo,
E nisso está à cura de todos os males,
O conhecimento somado ao ato,
Será capaz de transformar a tudo e a todos.
Pin It
Atualizado em: Qua 23 Maio 2018
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222