person_outline



search

METADE DE MIM

Caminho pela estrada escura
dura,dura,
sem você está

e o desatino dessa estrada
tarda,tarda
tarda me deixar

como é que eu posso viver
ter prazer,bem querer
sem você do meu lado

se assim eu ando perdido
rodando,sofrendo
num pranto calado
*
mergulhar no mar da lembrança
é faca é lança
no meu coração

quando esse mar tá de ressaca
agita e maltrata
a percepção

e a solidão que me invade
avisa em alarde
tó quase no fim

você e a felicidade
é parte verdade
metade de mim
Pin It
Atualizado em: Qui 17 Abr 2008

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222