person_outline



search

O BELO

Mas ele era bonito, sabe? Tinha pose, estilo, um olho preto misterioso. Eu gostava de olhar para ele, embora ele nem soubesse da minha existência. Não que eu me importasse. Na verdade, eu o achava muita farinha pro meu saco. Imagina se um homem daqueles iria se interessar por mim... Eu me contentava com pouco naquela época. O “pouco”, no caso, era eu ficar observando o cara meio que escondido, analisando cada movimento seu, o jeito que caminhava, cruzava as pernas, até o tênis que ele usava me dava arrepio. Tudo nele era bonito. Eu sabia que ele nunca iria olhar para mim com algum interesse.
Não que eu fosse feia. Não! Na verdade, eu bem bonitinha, graciosa, não tinha problema para encontrar namorado. O problema é que fui me encantar com alguém que, como minha mãe dizia, era de um nível social diferente do meu. Para ele, eu sei, eu era uma pobretona. Que andava de ônibus. Que quando ficava doente tinha que ir parar na UPA e não na clínica particular top dos Jardins. Eu era simples. Ele, grandão. Não, gente. Eu tinha pé no chão. Ele nunca iria querer nada comigo.
Aconteceu, então. Os nossos destinos se cruzaram. Foi uma coisa muito louca e, ao mesmo tempo, muito estúpida. Quando me dei conta ele estava praticamente em cima de mim, passadas fortes, óculos de grife escuros, um deus. Eu não tive nem tempo de perder o fôlego. Só ouvi aquela voz metálica dizendo “ponha no lixo pra mim”. Levei alguns segundos para me dar conta que ele estava se dirigindo a mim. Aquela mãozona morena que tanto eu admirava colocou nas minhas próprias mãos uma latinha de cerveja amassada. E foi embora. Não olhou para trás. Não agradeceu. Fiquei olhando para o lixo que ele deixara comigo e tive uma vontade louca de atirar de volta nas costas largas dele.
Pensei em abaixar a cabeça e recomeçar meu trabalho. Mas antes que eu fizesse isso, levantei o dedo do meio num gesto afrontoso.
Nunca mais, seu cretino.
Pin It
Atualizado em: Seg 13 Abr 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222