person_outline



search
  • MPB
  • Postado em

Sempre Te Amarei

Colho anis, tenho forças ainda p'ra preparar um chá.

A cama vazia, a caneca na pia, como será que você está?

Saio de casa, os amigos não ajudam, pois sempre perguntam como eu estou.

Isso só faz lembrar da noite mordaz em quem você me deixou...

 

Não quero promessas e nem tenho pressa,

Pois sei que você vai voltar.

Sempre brigamos, mas nunca chegamos

A pensar em parar de nos amar.

 

Te amo... Eu te amo... Sempre te amarei.


Eu vou no jardim, eu colho alecrim,

Pois sei que você gosta.

Nós damos rizadas, alegramos a casa,

Um sentimento sempre amostra.


Toda briga é chata, as palavras que matam

O meu coração.

Mas já nem me preocupo , nem fico de luto,

Pois sei do bem que faz a reconciliação.


Te amo... Eu te amo... Sempre te amarei.

Pin It
Atualizado em: Qui 9 Jan 2014

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222