person_outline



search
  • MPB
  • Postado em

PARTILHA

Pegue a chave, tranque a porta

Desta casa agora fria

Pegue tudo que lhe importa

O que achar que tem valia

Pegue carro, apartamento

O sorriso e a alegria

Também leve o sentimento

Que eu pensava que existia

Deixe só meu sofrimento

Que em silêncio denuncia

O que foi felicidade

E hoje é só melancolia...

 

Pegue as fotos, as lembranças

Do que a gente foi um dia

Pegue os planos, a esperança

Tudo o que nos pertencia

Tranque os sonhos, perca a chave

Deste amor já sem valia

Vá com tudo que lhe cabe

Deixe só minha agonia

Toda a dor dessa verdade

O boleto da energia

E a conta da saudade

Prá eu pagar a cada dia...

Pin It
Atualizado em: Qua 24 Mar 2010

Comentários  

#8 wandersonfeliz 29-04-2010 19:09
belo poema amigo...e espero que um dia vc pague definitivamente esse boleto rsrs...meus parabéns!!!!
#7 ARANOI 27-04-2010 17:06
PARABENS!!!
Belissíma poesia, mas de todas as contas a masi dolorida e a saudade daquele que vai e ainda quer levar todos os bens materiais, mas que na verdade sai de mala vazia .

bjocas amei favoritei estrelei... srrsrsrrs
lindo !!1
#6 rackel 14-04-2010 10:26
A ruptura traduzida em poesia, o desânimo do amor que prometia, toda uma vida em comum e que se desfaz, deixando a tristeza e a melancolia. Parabéns. Gostei.
+1 #5 Abreu 12-04-2010 04:48
Melancolia muito bem versejada, a saudade a marcar o tempo...
#4 tania_martins 07-04-2010 22:44
Linda letra,Celio.
#3 Kokranne 05-04-2010 23:38
Lindo...triste e doce....amei e estrelei.Parabens. Abraços.
#2 Arcofi 04-04-2010 16:23
Letra inspirada e bela, tem ritmo: flui. Parabéns.
#1 Vitor_Klisman 24-03-2010 23:40
Já pago tantas contas que parecem não ter fim. A maior delas é a saudade! A letra é muito bonita, seu moço!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222