person_outline



search
  • Cordel
  • Postado em

“CURTIR” E “NÃO CURTIR”

Eu juro que não consigo,
Entender bem o porquê,
Nesses sites da internet,
As curtidas que se vê,
Umas mãos curtem, outras não,
Se não curtiu, foi o quê?
Um trabalhão do artista,
Pensando e pensando escreve,
Faz texto de todo tipo,
Publica um livro e em breve,
Na rede ele faz sucesso,
Faz um vídeo e se atreve.
Não somente os escritores,
Ou apenas quem tem fama,
Pessoas de todo tipo,
Que a internet conclama,
Ao postar o seu trabalho,
Também passam pelo drama.
Daí então acontece,
Na rede ele repercute,
Põe seu coração ali,
Daí vem um cara e não curte?
Fico doida com esse cara,
E rezo prá que eu não surte.
Dedo prá cima é quem curte,
Senão, prá baixo é o dedão,
Se gosta, clica prá cima,
Não gosta, é prá baixo então,
Pensando nessa pessoa,
Olho pros dedos da mão.
Acho bem deseducado,
Falar assim sem rodeio,
É mesmo deselegante,
Não faço, pois tenho receio,
É que esse tipo de gente,
Merece o dedo mais feio.
A doença da internet,
É a falta de compaixão,
E a crítica construtiva,
É um pouco de enganação,
Se finge que se aceita,
Mas não no seu coração.
Destrutiva e matadora,
É a crítica sem amor,
Só machuca e atrapalha,
É uma coisa sem valor,
Se com amor já dói tanto,
Imagina com rancor.
Pessoas que te criticam,
Não sabem bem seu ofício,
Nem sabem do seu trabalho,
Não notam o seu suplício,
Criticar é tão normal,
Que acabou virando um vício.
Nem mesmo  o melhor homem,
Que nesta Terra pisou,
Que morreu por nós na cruz,
De tanto que nos amou,
Não conseguiu cem por cento,
E a todos não agradou.
O trabalho da pessoa,
É digno de respeito,
Quem clica em “não curti”,
É gente que não jeito,
Pessoa sem coração,
Ou que nele tem defeito.
Não entristeça a pessoa,
Se não curte, simplifica,
Não vote no negativo,
Só voto bom se aplica,
Se não gostou, não humilha,
Vê, ignora  e não clica.
Pin It
Atualizado em: Sex 11 Jan 2019
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222