person_outline



search

Saudades de campeiro

Cresci ginete
Pelos campos
Do Rio Grande
Domando touro
E laçando potro xucro
Jamais senti medo de assombração
E o perigo era meu grande desafio
Prendas bonitas
Pelos bailes conquistava
E não voltava
Até o dia amanhecer
Era demais
Essa vida de campeiro
Sinto saudades
Dava gosto de viver
Era demais...
Ainda me lembro
Com saudades minha terra
Ainda garoto muita coisa eu vivi
Meu pai querido
Me ensinando o que eu sei
É meu herói
Me ensinou sobreviver
O meu cavalo galopava
Campo afora
Reunindo gado
Pra podermos transportar
É um companheiro
Que jamais vou esquecer
É um amigo que só falta me fará
É um companheiro...

Hoje estou longe
Dessa vida de campeiro
Vim pra cidade
Onde sou tão infeliz
Selva de pedras cheio de poluição
Que não tem graça
Pra um gaúcho como eu
Hoje recordo com saudade
O tempo antigo
Levo comigo muita insatisfação
Por ter trocado
Os meus campos verdejantes
Pela cidade que só me deu solidão
Por ter trocado...
Mas sei um dia
À minha terra voltarei
É meu orgulho minha casa
E meu lar
Velhas lembranças
Em meu peito surgirão
Com tudo isso
Alegria voltará
Quero morrer
Abraçando a minha terra
E lá na serra
Para sempre descansar
Canto de aves
Alegrando o fim de tarde
Para um campeiro
Essa alegria ficará
Canto de aves...
Pin It
Atualizado em: Seg 17 Jun 2013

Comentários  

#2 PauloJose 15-06-2012 18:00
NOSSA! MAGNÍFICO, PARABÉNS
ABRAÇOS
#1 PauloJose 15-06-2012 18:00
NOSSA! MAGNÍFICO, PARABÉNS
ABRAÇOS

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222