person_outline



search

EU AINDA TE AMO

Há algum tempo, me perguntaram como saber se ainda amamos alguém. Em minha inexpressiva inexperiência, repeti o óbvio: ora, quando continua pensando nela (e), sente saudades dos momentos ou quando o coração dispara ao reencontrá-la (o). Pois bem, eu não estava por completo errado. Mas agora, passando por esta situação, consigo perceber que a resposta é muito mais complexa e além do discurso pronto.
O certo seria se pudéssemos responder/aconselhar apenas depois de passar por tal situação. Nada como saber bem do que está falando. Hoje eu sei. E como sei. Faz já alguns meses que estou sozinho; que por acontecimentos da vida precisei abrir mão da companhia diária que tinha para tentar seguir meus caminhos comigo mesmo e com meus desejos de ser feliz. Não é fácil. Hoje, se me fizeram aquela pergunta que citei no início, a primeira reposta que diria é: não.é.fácil!
Se em tal frase você coloca o AINDA, fica mais complicado. Veja as duas perguntas: “como saber se amo uma pessoa?” e “como saber se AINDA amo uma pessoa?”. Percebe como essa palavra muda todo o sentido do seu sentimento? Se tem o “ainda” é porque já houve o amor antes. É aí que tudo se complica. “Ainda” é tão problemático quanto o “quase” e o “se”, porque é algo abstrato, indefinido. Tudo que é indefinido incomoda; prende.
Então, analisando, percebi que hoje minha resposta seria assim:
Você percebe que AINDA ama uma pessoa quando seu coração doi. Doi de alegria por saber das conquistas dela, por imaginar que outro (a) está agora em seu lugar, por saber que também pode estar sofrendo por você... Doi, principalmente, por não ter mais o controle da situação. Doi, acima de tudo, por simplesmente querer tocá-la e não poder.
Você sabe que ainda ama aquela pessoa quando seu corpo, no puro desejo físico e carnal, pede por sexo, mas o tesão acaba quando se lembra que na cama não será aquele alguém. Ora, o que além de amor é capaz de acalmar e extinguir os hormônios e os desejos sexuais naturais e impulsivos do ser humano?
Você acaba percebendo que ainda ama aquela pessoa quando cai na real e vê que ninguém, por mais bonito e interessante que seja, é capaz de substituir o que tinha antes. Quando todos ou todas são insuficientes. Quando sua mente só consegue criar ideias e momentos com aquele alguém. Quando, involuntariamente, seu coração não consegue abrir espaço para qualquer pessoa que seja.
Sentindo tudo isso, pode ter certeza que você ainda ama aquela pessoa. Não sei se no seu caso é bom ou ruim. É preciso ter cuidado, porque mesmo ainda amando, é necessário saber que há histórias e histórias: umas precisam continuar, outras foram escritas apenas para ter um fim.
Discorrendo sobre esta situação que pode ou não ser corriqueira e analisando minha resposta, só consigo pensar naquela pessoa específica e concluir: não sei se fulano ainda ama sicrano, só sei que EU ainda te amo. E vida que segue.
Pin It
Atualizado em: Qui 15 Fev 2018

Comentários  

#3 Alecryna 17-02-2018 11:32
Amar verbo transitivo...
É muito bom ler um texto assim como o seu.
#2 dantasjotape 16-02-2018 08:06
Me dê e mão e vamos superar essa juntos! Doi, mas passa. Obrigado e abraços!
#1 SC_Souza 16-02-2018 00:22
Você percebe que ainda ama aquela pessoa quando lê um texto desse e aquele alguém vem imediatamente em seu pensamento. E dói.
Parabéns, ótimo texto!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222