person_outline



search

Um desabafo

Quando o conheci achei ele o cara mais lindo que os meus olhos já tinham visto, mas não foi só isso, quando vi ele senti que conheci ele de algum lugar, ele me parecia tão leve e doce, um jeitinho encantador, a forma dele sorrir e olhar era totalmente diferente, e pela primeira vez eu senti insegurança em estar com alguém, senti aquele frio na barriga, eu sentia como se meu coração fosse sair da boca e olha que eu nem tinha falado com ele, eu não tinha sentido o toque ainda, quando ele falou comigo, nossa eu perdi a fala, eu não conseguia formular uma frase e nem pronunciar sem gaguejar, eu não conseguia nem olhar pra ele diretamente, mas a voz dele, me trazia uma sensação tão gostosa, como se eu precisasse ouvir todos os dias, quando ele ria, parece que ele arrancava partes boas de mim. Quando a gente se abraçou se senti uma confiança, foi diferente de todos os abraços, o dele tinha carinho e proteção, tinha verdade, era forte e acolhedor, eu queria morar naquele abraço, era como se ele me tirasse desse mundo e me levasse para um lugar só dele, um lugar que só ele conhece e cheio de mistérios, na verdade ele é o próprio mistério, eu nunca consegui entender ele e nem entender o efeito que ele me causava e ainda causa não posso negar, mas gostaria de entender de verdade, gostaria de saber o que ele pensa e sente, acho que talvez eu quisesse tanto me encaixar com ele, e nunca consegui, eu fiz foi afastar ele de mim cada vez, foi bom e foi ruim, foi bom por que aprendi a ser mais forte e mais confiante, eu me tornei a mulher que eu sempre admirei, o amor muda as pessoas e a falta dele também. O lado ruim foi a saudade, mas ninguém morre de saudade né? Mas doí demais, várias vezes eu chorei a noite, mas chorar adiantava? Não, mas colocava pra fora, e cada vez que eu chorava eu me sentia melhor, aquele sentimento morria aos poucos eu pensava, nunca passou, mas aliviava muito. As vezes lembro do beijo, lembro do toque... Lembro de coisas que realmente eu não deveria lembrar, já desejei ter amnesia, queria esquecer aquelas tardes que a gente ria juntos e desabafava também... Queria esquecer também da data do aniversário dele, eu nunca consegui esquecer, as vezes eu passava em uma loja e via algo que lembrava dele, os meus olhos logo mostrava tristeza... Eu nunca consegui esquecer ele, mas com o tempo ficou mais fácil, eu fui me acostumando, eu comecei a ver no que eu errei e no que ele errou, os erros dele no começo me deixava chateada no fim, eu torcia que os erros dele fizesse ele mudar e ele se tornasse uma pessoa melhor com mais amor, e sabendo perdoar. Eu passei a orar pra ele todas as noites pedindo sempre que ele melhorasse não pra ficar comigo, mas sim pra que ele se tornasse cada vez mais uma pessoa melhor, mas sempre admirei as qualidades dele, principalmente a sinceridade, ele não conseguia esconder os sentimentos, ele sempre foi muito aberto a isso, coisa que na qual eu sempre dificuldade em falar, quando eu resolvi falar já era tarde! Ciúmes? Tive demais, nossa, e como tive, mas não adiantou nada, quem quer ficar com você fica, quem gosta de você demostra e quem te ama não deixa partir e ele me deixou partir, na verdade ele que colocou um ponto final, ele disse adeus, sem me deixar fizer se eu queria ficar ou não! Eu não lutei, só se luta quando você sente que aquela pessoa te quer ali, quando no fundo você sabe que existe sentimento, e ali nunca existiu, eu amei sozinha. Eu chorei sozinha, mas eu resolvi levar disso coisas boas, voltei a escrever como eu sempre gostei, apaguei o número dele, nunca precisei bloquear afinal, ele nunca correu atrás, eu sempre usei o meu celular tranquila, ele sabia onde eu trabalhava, a onde eu estudava e provavelmente onde eu morava, ele nunca veio até mim, ele morava perto de pessoas que eu conhecia, e eu sempre evitei passar naquela rua, eu não tinha medo de ver ele e sentir algo, eu tinha medo dele pensar que eu estava ali por ele, sempre quis deixar bem claro, que eu respeitei o espaço dele, sempre respeitei a decisão dele, mesmo ele não me deixando falar o meu lado, o egoísmo dele era grande, mas eu não queria ter essa competição, sempre preferi a minha paz do que a minha razão, não sei ele vai chegar a ler isso um dia, sinceramente eu espero que não, ele não saberia receber tantas coisas, mas se caso isso um dia chegar até ele, ele vai saber quem é, ou talvez não, afinal ele sempre achou que eu era uma mulher que tinha vários contatos, mas se ele ler, e o coração tocar dizer que esse texto é realmente pra ele. Eu te digo uma coisa, não cometa com outra pessoa os erros que você cometeu comigo, se conhecer alguém dê amor, atenção, cuidado, traga paz e tenha empatia com essa pessoa, ouça ela, seja diferente! Aprenda a amar, o amor pode mudar o mundo, mas começando pelo o seu próprio mundo, obrigada, por me devolver a essência que eu tinha e que não me lembrava que tinha, você pode pensar que me quebrou em pedaços, mas no fim você me deixou mais forte e eu sempre vou ser grata a você por isso.
Pin It
Atualizado em: Sáb 25 Abr 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222