person_outline



search

AOS SETENTA

Soprei com força máxima

no espelho a minha frente

E me vi aos setenta.

Como seria...

Eu não queria que fosse assim,

diferente de mim.

Como seu hoje

e meu poder de jovem

envelhecendo nas rugas,

curvas fundas do meu rosto

 visível a olho nu.

pior...

cabelos brancos e quase sem...

Pin It
Atualizado em: Sáb 22 Set 2012

Comentários  

#1 ANTENA 25-09-2012 16:13
Inexorável desenrolar da existência. Como canta Zé Ramalho (último cd) : "o tempo vai passando e com ele eu vou.." Beleza , cara, pior é quem não chega, quem fica pelo caminho.


abraço anarquista

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222