person_outline



search

VOCÊ ESTÁ DESANIMADO?

VOCÊ ESTÁ DESANIMADO?

EIS AQUI UMA MULHER QUE:

Nunca soube quem era seu pai;
Aos 8 anos, teve a mãe internada em um hospício;
Passou sua infância, em diferentes lares adotivos;
Fracassou em 3 casamentos;
Devido à endometriose crônica, não realizou seu maior sonho, que era ser mãe;
Se tornou uma modelo bem sucedida, embora fosse considerada um tanto"gordinha", para os padrões estéticos da época;
Decidiu ser atriz de cinema e não se importou com o fato de que sofria de uma leve gagueira;
Foi contratada pela companhia FOX, onde o chefe de produção nem a notou, inclusive passava muito rápido por sua foto, na hora de escolher o elenco de um filme;
Foi dispensada 1 ano depois, como um dos empregados"menos lucrativos";
Tentou de novo, foi contratada pela Columbia Pictures, que queria que ela ficasse completamente loira, o que ela, como a profissional dedicada que era, prontamente atendeu, mas foi despedida novamente assim que seu contrato expirou;
Ela não desistiu e passou fome , para poder pagar os estudos de arte dramática, que considerava muito importante;
Gostava de livros clássicos, poesias e literatura, sempre procurando aprender mais;
Encantava o pessoal da imprensa e muitos profissionais competentes acreditavam que ela poderia ser uma grande atriz;
Porém, os "manda-chuvas" dos estúdios ,não percebiam seu potencial de atriz e não consideravam seu talento institivo;
Mas, através de seus pequenos papéis no cinema, começou a chamar a atenção do público, que passou a querer vê-la ainda mais;
Ela fez os manda-chuvas se renderem, a FOX a recontratou e ela passou a receber mais de 5000 cartas de fãs por semana, um feito na época;
Aos 26 anos, se tornou a primeira mulher, talvez na história do mundo, a receber uma atenção da imprensa, que até então era concedida apenas aos grandes soberanos e chefes de estado;
Foi cantar na Coréia, para os militares e pela primeira vez, na história do mundo, com a turne de uma só mulher;
Posou nua para um calendário, o que na sua época, os anos 50, era considerado um escândalo e o fim da carreira de uma atriz;
Mas ela, inteligentemente transformou esta desvantagem em um trunfo, conquistando ainda mais o público;
Aos 27 anos, já era considerada a mulher mais famosa e fotografada na história do cinema, de modo que as próprias celebridades, se comportavam como fãs e pediam seu autógrafo, se tornando assim, a celebridade das celebridades;
Muitas atrizes da época, até as mais conhecidas, eram treinadas em seus estúdios para andar, falar e interpretar como ela. A maioria destas mulheres, jamais soube ,se poderiam fazer algo além de tentar imitar alguém inimitável;
Apesar de todo esse sucesso, ela nunca se deixou afetar por ele e nunca exigiu privilégios, permanecendo ela própria;
Ela foi talvez, a menos materialista de todas as estrelas de cinema e muitas vezes em turnes promocionais pelo país, ela passava mais tempo visitando crianças e adultos doentes nos hospitais, do que com a imprensa e as celebridades e não havia uma falsa bondade angelical, pois ela desencorajava os jornalistas a noticiarem isso.
A jornalista Dulce Damasceno de Brito,que a conheceu, dizia que ela ganhava no quesito simpatia e que por sua origem humilde, sempre acenava quando via a nossa jornalista;
Era prestigiada por tudo, menos por seu talento como atriz e enquanto as demais recebiam os prêmios da acadêmia, ela era assediada por toda a parte e muitas vezes ouvia as aclamações de milhares de pessoas;
Queria mostrar que era atriz e abandonou Hollywood, no auge de seu sucesso, mudando para Nova York, onde foi estudar arte dramática;
Foi a primeira atriz ,que ousou travar uma batalha contra o estúdio em que trabalhava, combatendo o regime de servidão contratual, ao qual os atores eram submetidos, buscando melhores salários e papéis, colocando-se na vanguarda, do que resultaria em contratos mais justos para os atores no futuro;
Enfureceu assim todo o poder da cúpula, que estava em mãos masculinas e venceu, formando sua própria companhia e com um salário e condições de trabalho muito melhores:
Através de um filme dramático, convenceu os críticos de que sabia representar. Dali para frente , suas atuações, passaram a ser respeitadas, valendo-lhe, inclusive o globo de ouro;
Foi convidada a conhecer a rainha da Inglaterra e junto com demais celebridades, foi a única que deteve a rainha em sua passagem pela fila;
Ela sabia, com precisão, o poder e influência que possuía e colocou-se na vanguarda de apoio aos direitos civis, quando ligou pessoalmente ao proprietário de uma casa noturna, que se recusou a contratar Ella Fitzgerald, para cantar ,por ser negra pois , nos anos 50, as casa noturnas não contratavam artistas que não fossem brancos, para cantar nos seus palcos. Com o pedido dela, Ella foi contratada.Esse apoio aos direitos civis, aumentaria nos anos seguintes, na medida em que ela lia, fazia perguntas e desafiava os legisladores;
Aos 35 anos, foi a artista escolhida para cantar no Madison Square Garden, no aniversário do presidente do país, roubando a cena pois, no sentido real da palavra, seu nome era tão poderoso quanto o do presidente;
Foi despedida novamente do estúdio, ao qual rendera milhõe e muitos acharam que sua carreira estava acabada, mas ela, como a Fênix, sempre renascia das cinzas e em seguida estava na capa das principais revistas do mundo, inclusive a revista Vogue e o estúdio voltou atrás na sua decisão;
Mas era tarde...Aos 36 anos ela faleceu e com ela toda uma era de cinema. Mas seu mito começou a tomar vida;
Sua morte foi a notícia do ano, que recebeu uma cobertura maior até que as crises dos misseis em Cuba e a ameaça de bomba nuclear, que ocorreu algumas semanas depois;
Hoje, sabe-se da importância desta mulher na cultura americana e do mundo em geral. Sabemos que era uma atriz de grande talento, uma comediante inigualável, que conhecia como ninguém, o difícil segredo de interpretar uma cena cômica, como se pertencesse a um drama, deixando o humor falar por si mesmo. Uma atriz com profundos recursos interiores, uma das melhores que o cinema americano jamais teve, tanto no gênero de comédia leve e de costumes, quanto no drama, de modo que nem os filmes, nem os papéis, jamais foram tão bons, quanto o seu desempenho neles e ela sabia disso;
Somente Charlie Chaplim foi mais lembrado e biografado que ela;
Teve uma carreira meteórica, mas que deixou sua marca na 7a.arte e hoje, muitos anos após sua morte, o público não mostra sinais de esquecê-la e ela parece mais viva que nunca;

Esta mulher foi MARILYN MONROE...

(E era constantemente chamada de"apenas uma loira burra")

E agora, você ainda está desanimado?

Pin It
Atualizado em: Qui 4 Mar 2010

Comentários  

#16 PauloJose 12-04-2013 22:03
sem dúvida um belo texto de reflexão.
parabéns.
#15 PauloJose 19-03-2013 00:38
uma verdade intríssica, parabéns
abraços.
#14 MarisaLand 25-03-2010 22:37
Obrigada por seu comentário
#13 MarisaLand 25-03-2010 22:36
Muito obrigada
#12 MarisaLand 25-03-2010 22:36
Sim e totalmente verossímeis, baseada em tudo que já li, vi e ouvi sobre Marilyn. Obrigada
#11 MarisaLand 25-03-2010 22:34
Ela tinha um lado humano muito nobre. Obrigada por seu comentário
#10 MarisaLand 25-03-2010 22:34
Obrigada
#9 MarisaLand 25-03-2010 22:32
Marilyn foi uma grande artista, mas também um grande ser humano. Fiz de uma homenagem, um incentivo. Obrigada
#8 MarisaLand 25-03-2010 22:31
(rsrsrs)Verdade .Obrigada
#7 AJO 16-03-2010 13:34
Tenho respeito pela pessoa e por outros milhões de pessoas, anônimas, que passam pelo tipo de situação. Uns mais, outros menos, mas sempre na luta, na inabalável condição fazer jus ao coração incansável. Gostei mesmo. Parabéns com estrelinhas, foi ótimo rever a história. Beijos AJO

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222