person_outline



search

POEMA-CANÇÃO

Quero o verso solto, no lugar

Entre a prisão que a liberdade

Anuncia, feito uma amálgama


Da carne e alma entrelaçadas.

Consigo ser mundo, dentro da jaula,

E quem dirá por que a matemática


Não pode abrir meus cadeados?

Mas, se o poema tiver a clave,

Seja implícita ou descarada,


O poeta pôs asas à palavra.

Pin It
Atualizado em: Qui 14 Dez 2023

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br