person_outline



search

Como pode ser?!

Como pode ser?!
Eu teimando em não lembrar de te esquecer
E seguindo todo dia a me perder dos teus olhares

Será que não lembras?!
Das memórias mais intensas, do amor tão bem amado
Dos recitais selados no canto da boca?!

Como pode ser?!
Eu aflito, vez por outra, a te querer
E seguindo com a rotina do desprazer
Pois o meu peito ainda teima em ser só teu!...

Será que não lembras?!
Dos beijos meus, do nosso amor
Dos versos teus, da lua, da cor?!
Pin It
Atualizado em: Qui 18 Set 2008

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222