person_outline



search

O pensar

Eu queria voltar , mas voltar sem ter lugar é correr sem ter refugio
é lutar todas as vezes sem nunca ter vencido 
é agarrar derrota como premio de consolação 
é fingir a serenidade quando corpo treme tentando manter razão

Eu que nada sei , que apenas faço e me torno presa em laço
que me transformo em nó cego , sem a liberdade e preso em seu próprio espaço
eu sou linha que atravessa agulha , mas agulha que não ultrapassa pano
porque sou fluido de caminho mas sempre usada por quem amo

Quando a vida te da um tapa você reage por intuição
quando ela te empurra é a primeira vez que toca o chão 
e depois desse momento você sente de tudo menos poder de reação...

Pin It
Atualizado em: Ter 7 Dez 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222