person_outline



search

Esperança.

Mais um dia surgiu e a escuridão recaiu sobre mim.
Mergulhado em labaredas, onde sentado permaneci, triste a pensar.
Para onde foi a Esperança, tão linda e sórdida Esperança?
​​A Esperança que aquece o coração  e a Esperança que faz  sangrar o coração?
Oh, Esperança porque és sempre tão cruel  e bela, fazendo me sorrir e depois chorar, deixando-me sozinho sem poder te alcançar?

Onde estás para consolar-me, neste vazio infinito e neste abismo profundo que me largaste a findar!
Onde estão às estrelas que de mim escondeste e que por fim deixaste de brilhar?
Onde estão a luzes para alegrar os dias  e os pássaros  no céu a regorjear?
As palavras solitárias que aqui permanecem sufocadas é apenas a ausência do que já não posso suportar.
O silêncio é o amago fel a provar de noites e dias que não querem mais passar.

Já não posso, mas viver neste mundo sem você,
já não posso  mais dizer o que real sem você,me digas sem delongas o que eu preciso fazer para que assim hoje voltes a me ver?
Oh,  Esperança porque  afagaste  o  meu ego e então me deixaste  a morrer!
Porque brincaste comigo, deixando-me aqui a sofrer,
Convertendo - me em um tolo, por assim ti querer.
Escondendo-me de meus olhos por assim querer te ver.

Devo busca-la, ou por fim abandoná-la? Digas-me hoje sem tardar para que eu posso enterra-la.
Esperança  que mal eu lhe fiz? Para que até com meu sorriso puseste um fim,perdido em um  precipício , o qual não  posso escapar.
O Quão amarga ainda serás e onde estarás?
O que mais de mim você ainda me roubaras?
Andando na escuridão, sem a luz da visão, mergulhando em um sepulcro sem meu coração, esperando por fim, vê-la então.
E oh, que bela explosão, quando no fim te encontrei ,  ingrata e  magnifica sorrindo- me a dizer:

-  BLAST BOOM, um novo dia nasceu!

Pin It
Atualizado em: Seg 22 Nov 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222