person_outline



search

GOTÍCULAS DE SONHOS

Respira bem, bem baixinho
Tenta ouvir o barulhinho
Da chuva que cai mansinha 
Lá em cima no telhado

Notas de tranquilidade
Como lágrimas que caem
E que lembram uma saudade
Num eterno tamborilado

Tem que fazer silêncio pra ouvir
Um silêncio absoluto
Quase que um silêncio-luto
Mas sem a triste tristeza

Se ficar bem quietinho
E respirar bem baixinho
Vai poder ouvir e até ver
Como é bela a natureza

Gotículas de sonhos que se espargem
No eterno éter do universo
Me inspiram essa letra, este verso
E seguem a esvoaçar em meu caminho

Enquanto caem lá fora
Sinto elas na minh’alma
Sinto a paz e sinto a calma
Bem daqui do meu cantinho

De todas as coisas que respiram
E de tudo o que existe neste mundo
Dentre todas as coisas que me inspiram
Talvez isto é o que de mais profundo
Eu senti dentro de mim
Num cantinho cá de mim
em apenas um segundo!

Pin It
Atualizado em: Qui 28 Out 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222